Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Cabeças de Peixe

por PAS, em 11.01.07

descobri recentemente que afinal não somos uma nação de marinheiros, na realidade mal somos nação, mas adiante... afinal somos um país de cabeças de peixe.
a razão para a minha descoberta vai muito além da ciência, da filosofia e do livro da Carolina Salgado, encontrei a verdade à frente dos olhos... acreditem é possível! eu sei que existem alguns indivíduos que apregoam que a visão é um sentido adúltero, mas com um comprimido de cepticismo ultrapassarão essa doença. agora porquê a cabeça de peixe e não o rabo de boi?
é uma questão pertinente, até porque são dois símbolos gastronómicos igualmente duvidosos e cuja imaginação poderá delegar o corpo à rejeição, subtraindo essa ideia a realidade remete-se aos direitos de autor, parece que o rabo de boi já foi adquirido para outro tipo de sopa, que não a de letras, lamentavelmente devo dizer, porque cus de corno também servia a muita gente nesta "nação" com declarada terceira visão.
basta de divagar! ora somos uns cabeças de peixe porque independentemente de sabermos, por experiência própria que vivemos entre paredes de merda servidas por ruas de merda, que ligam a cidades de merda, governadas por pessoas vestidas de castanho e com merda na cabeça (acho que acabei de inflacionar o preço da merda, yuppiee!!) continuamos a olhar para o lado, a tapar o nariz - porque estranhamente cheira mal!? - e a assobiar umas músicas de florimerda para o ar merdoso... não tenho nada, mas tenho quase tudo. sou rica em sonhos e pobre, pobre em ouro... ora parabéns!
depois de observar este contingente encontrei um animal com um comportamento estranhamente semelhante, o peixe. o peixe come, come, come, come e volta a comer até rebentar, porque a cabecinha é demasiado pequena para processar o acto de ingestão de uma alimento... hum! que familiar, não parece? pois não somos nós que comemos, comemos, comemos, comemos com impostos, hipocrisias, incompetências, indigências e outros vocábulos da família dos in-... e continuamos sub-repticiamente a pedir mais. ora e não me falem em descontentamento porque quem cala consente e eu vejo uma "nação" estranhamente calada!
alem! elevem o pensamento caros peixes, sejam Carpas, Sardinhas ou Esturjão tipo Beluga... há mais na vida do que comer!

PAS

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De individualidades a 12.01.2007 às 11:42

haha..cabeça de pescado! pois bem...come, come come, e volta a fazer merda...e a merda é sempre a mesma!cabeça de peixe e dislexia mental o que é que dá??pois pois...
Sem imagem de perfil

De LaBellaMafia a 15.01.2007 às 15:50

Uns gostam de ser pescados outros gostam de pescar...
Tu és pescada ou pescador?

Pensa bem...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D