Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Crianças Especiais

por PAS, em 30.05.08

hoje sentei-me a pensar no Portugal infante, pobre "casta" que padece de um mal recém-descoberto, o “aumento exponencial de docentes” da primária para o 1º ciclo.

ao que parece foi denunciado que os nossos descendentes menores vivem atormentados com esse “aumento exponencial de docentes” que os espera após a travessia da ponte para o 1º ciclo. é terrível, doloroso, anti pedagógico, um choque social, uma criança passar a ter vários formadores ao invés do prático uno que os acompanhou pela fase primária, no entanto, essa delação sofre de falta de continuidade, isto porque, as mesmas indefesas, imberbes e pueris imagens de uma sociedade menor conseguem resistir ás suas insuficiências e dotar-se com a capacidade de conviverem com artifícios como os telemóveis, computadores, consolas de jogos, entre outros gadgets, criados à consideração (a maior parte deles) de uma “casta” adulta.
não compreendo a incongruência. não compreendo a necessidade de continuar a criar subterfúgios e facilitismos para ocultar a inabilidade de resolver uma mentalidade ociosa, desmoralizada e acima de tudo descrente nas suas potencialidades.
a história da educação diz-me que existem décadas de discentes educados sobre a égide da regulamentação actual, hoje cidadãos formados.
no entanto a reforma da educação passa pela reformulação de um conceito já consolidado, de uma primeira etapa de crescimento… a sina portuguesa de inventar em vez de emendar.

a discência infantil é hoje, ao que parece, uma realidade atroz.

PAS

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De osátiro a 04.06.2008 às 02:41

Ora aí está uma situação que merecia mais atenção de quem de direito!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D